• Rua Hayden, 160 Vila Leopoldina, São Paulo - SP CEP: 05314-010
  • 011 3837-9918 ou 3835-3454
Casamento Real - Regras que precisam ser seguidas no casamento do Príncipe Harry e Meghan Markle

Casamento Real – Regras que precisam ser seguidas no casamento do Príncipe Harry e Meghan Markle

Em 28 de novembro de 2017 foi comunicado oficialmente pela realeza britânica que o caçula da família iria se casar.

Príncipe Harry e Meghan Markle, atriz norte-americana, que estão juntos há cerca de um ano receberam a permissão da rainha para oficializar a união. A cerimônia que irá acontecer em maio de 2018 será realizada no Castelo de Windsor, que antes já recebeu alguns casamentos reais e até mesmo o velório de Diana, mãe de noivo.

Porém, por ser um casamento real eles precisarão seguir algumas regras:

  • Chapéus e fascinators não são apenas frequentes nos casamentos reais por moda. Todas as convidadas do sexo feminino devem utilizá-los

chapeus-fascinator chapeus-fascinator-rainha-elizabeth chapeus-fascinator-pippa-middleton

  • O noivo deve sempre vestir o uniforme militar, já que é tradição que todos os homens da família real sirvam ao exército. Harry inclusive serviu durante 10 anos como piloto de helicóptero.

principe-charles-uniforme-militar-diana principe-william-uniforme-militar-kate-middleton

  • Já a noiva precisa seguir mais regras em relação ao vestuário, uma delas é o uso da tiara. Como a Rainha tem um grande acervo delas, algumas que vieram de herança das rainhas antecessoras, ela empresta uma para a noiva.
wedding-tiara-diana-noiva-rainha-elizabeth

A Cambridge Lover's Knot – peça encomendada pela Rainha Mary, em 1913 – foi utilizada por Diana em seu casamento

wedding-tiara-kate-middleton-noiva-rainha-elizabeth

Elizabeth II ofereceu à Kate a Halo Scroll, da Cartier

  • Outra regra é o uso do branco. Aqui no Brasil e em diversas outras culturas o uso do branco não é mandatório, sendo apenas uma tradição. Já na realeza essa é uma regra que não pode ser quebrada e é seguida desde 1840, quando a Rainha Victoria subiu ao altar.
  • Essa mesma rainha ditou outra regra que é o uso da murta no buquês de todas as noivas reais, já que é conhecida como a “erva do amor”. E não é qualquer murta, são as que foram cultivadas por ela há 170 anos e ainda estão presente no palácio.

buque-kate-middleton-murta-erva-da-deusa-vênus-rainha-victori buque-diana-murta-erva-da-deusa-vênus-rainha-victoria murta-erva-da-deusa-vênus

  • E em homenagem aos veteranos de guerra do Reino Unido, após o casamento as noivas deixam seus buquês sobre o túmulo do “Soldado Desconhecido”, na Abadia de Westminster.
  • Que a aliança deve ser de ouro não é surpreendente, mas o que poucos sabem é que esse ouro deve ser galês, uma vez que ele é muito mais valioso que o ouro da Austrália e da África do Sul.
  • E tem tradição até no bolo do casamento, que devem ser dois e geralmente é de frutas. A surpresa maior foi a fruta escolhida pelo príncipe: banana. Como um apaixonado por banana o bolo não poderia ter outro sabor.
  • E sorte dos convidados que sempre levam um pedaço como lembrancinha, mas como o casamento que é, cada pedaço vai em caixinhas personalizadas com o nome dos noivos. Há quem guardou o pedaço recebido no casamento de Charles e Diana e depois leiloou.

About the Author

Bruna Clara

Paulistana, publicitária, 24 anos, formada pela PUC-SP. Experiência em marketing corporativo e redes sociais. Apaixonada por decoração e culinária.

Deixe seu comentário